segunda-feira, 14 de maio de 2012

Móveis Cimo S.A


Ciao!

Recentemente, uma aluna do Atelier iniciou o trabalho de restauração de uma cadeira giratória, toda em madeira, fabricada pela extinta Móveis Cimo S/A. Achei o trabalho formidável e resolvi buscar informações sobre a história da fábrica... segue abaixo:
A Móveis Cimo S.A. teve papel de destaque no processo de industrialização do mobiliário nacional, sendo um dos marcos mais significativos entre a herança artesanal e o início da produção em série no Brasil.
Em Rio Negrinho (SC), hoje um dos maiores pólos moveleiros do país, a empresa iniciou seus negócios como serraria e fábrica de caixas. Em 1921, passou a produzir cadeiras a partir do aproveitamento das aparas de imbuia (resíduo da fábrica de caixas).
Com a comercialização do mobiliário nos centros urbanos, iniciando por São Paulo e Rio de Janeiro, solidificavam-se, então, as duas premissas iniciais : o aproveitamento do material e a comercialização nos maiores centros urbanos do país.
A Cimo criou, assim, uma linha de produtos de qualidade destinados à produção em escala, tendo sido pioneira na introdução da tecnologia da laminação. Seu produto, durante anos, dominou o mercado nacional de móveis para instalações comerciais e institucionais, com repercussão na América Latina. Foi a maior produtora de cadeiras para cinemas do Brasil e a primeira a ter uma política de reflorestamento. Se destacou principalmente na década de 70, tornando-se referência em design por ser a primeira a vender móveis desmontados para facilitar o transporte.
Após inúmeros problemas internos, somando-se a isto tecnologias mais modernas e baratas (fibra de madeira aglomerada) que traziam grande competitividade à concorrência, bem como misteriosos incêndios em algumas fábricas, o grupo acabou por decretar a falência no início dos anos 80.


Ciao!



Um comentário:

Loucos por móveis disse...

Poxa Paulo gostei muito de sua postagem, a idéia de resgatar mais que a história pra quem mexe com madeira é fantástico, eu tenho um blog e uma escola de marcenaria e amo móveis, dá uma olhadinha depois e me diz o que acha uma opinião como essa sempre é de grande importância.
Abraços!
Renato Soresine
http://loucospormoveis.blogspot.com
WWW.wagnon.com.br