quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Blip #500 e HTML5

Ciao!

Seis meses se passaram e, com uma média de mais de 80 publicações musicais por mês, cheguei à de número 500!! Neste pouco tempo, ouvi muito mais do que isso, o que, para mim, não tem preço. Música faz bem, e de formas variadas. Faz bem a quem ouve, a quem toca, a quem compõe, a quem ensina, a quem executa, a quem dança, a quem escreve sobre, e a quem apresenta, o que, aliás, é um prazer imenso: apresentar uma música a alguém que não a conhecia, às vezes só a música, às vezes a banda ou até mesmo, o estilo. 

A idéia da rádio pfuuuuucci evoluiu para algo bem maior do que o o meu conceito original, o que é ótimo, mas dá mais trabalho. Acho que ainda levará um tempo para surgir algo que reúna todo o necessário em uma única ferramenta. 

O feedback do Blip.Fm é o melhor deste site, mas seu acervo não é tão rico e, não raro, só é possível encontrar vídeos. É preciso garimpar para montar uma boa playlist. Em compensação, a fonte de influências de outros djs é praticamente inesgotável. Acompanho um número razoável de rádios e já sou acompanhado por mais de 60 ouvintes. Este feedback é um p... incentivo!

No GrooveShark, é o oposto : não há uma boa dinâmica de feedback (ou ainda não aprendi a usar), mas o acervo é excelente! A maioria das pessoas que conheço e que ouvem GrooveShark, o fazem em sua própria playlist. Com relação ao Blip.Fm, acontece exatamente o contrário, ou seja, a maioria escuta as rádios dos djs que acompanham. São, no meu ver, propósitos diferentes. Se o Blip.Fm tivesse o acervo do GrooveShark, faltaria apenas um detalhe para ficar perfeito. E é ai que entra o StereoMood.

O StereoMood é, também, outra praia, outra idéia. Lá, o relevante é a classificação das músicas postadas em relação às sensações dispostas na página inicial e que, quando selecionadas, nos levam a playlists prontas, de vários djs em conjunto, com músicas que remetem à sensação escolhida. O acervo é razoável, parecido com o do Blip.Fm. Mas não é este, não, o detalhe que existe no StereoMood que falta ao Blip.Fm. Chegou a hora de falar do HTML5.

A maioria dos sites como o Blip.Fm, o StereoMood e o GrooveShark, funciona à base de Adobe Flash. Até aí, nada demais, afinal, o Flash é gratuito e roda em qualquer browser (menos no Safari do iPhone, por questões de incompatibilidade com o aparelho). O HTML5, no entanto, é coisa nova e ainda não funciona em todos os browsers, mas já funciona no Safari, inclusive no iPhone. 

Eis o detalhe : o StereoMood largou na frente e adaptou seu site ao HTML5, apostando na plataforma iPod Touch / iPhone / iPad. Agora, sem a necessidade de um BoomBox, é possível montar uma rádio e, com o iPhone, ouví-la em qualquer lugar. Agora, mãos à obra para montar uma nova playlist por lá!


RÁDIO PFUUUUUCCI BLIP #500 - ESTÁ GRAVADA NA PELE

Ciao!